As Quatro Regras Para Tomada de Decisões

As Quatro Regras Para Tomada de Decisões

As Quatro Regras Para Tomada de Decisões

Decisões, sejam elas grandes ou pequenas, exigem de nós clareza de objetivos, profissionais ou pessoais, para que possamos escolher as ações que nos levem cada vez mais perto do nosso resultado almejado e com o menor gasto de energia (mental, física e material) possível.

Tomar decisões exige uma estratégia simples e comprovada, para que não fiquemos vagando mentalmente entre várias alternativas sem chegar a lugar algum. Com a estratégia que te passarei a seguir, com 4 passos, você poderá superar rapidamente qualquer obstáculo e otimizar o alcance de seus objetivos.

Passo 1: relembre seus objetivos

Devemos colocar no papel tudo o que queremos, para termos clareza do objetivo e do passo a passo necessário para alcançá-lo. Você deve especificar o que quer, o resultado que quer obter, e até mesmo suas razões para querer alcançar determinado objetivo.

Quem não sabe as razões pelas quais está fazendo algo, perde a motivação de continuar. E, obviamente, não consegue tomar decisões a respeito do assunto, já que não sabe para onde quer ir! Portanto, se você ainda não fez isto, está na hora de relembrar seus objetivos, e verificar quais ações propostas você já realizou, mensurando seus resultados. Se não sabe como fazer isto, leia o artigo sobre este assunto.

Passo 2: não pense, coloque no papel

Quando tiver decisões a tomar, e algumas alternativas para escolher, não pense. O trabalho mental só vai lhe causar mais stress e ansiedade, e não leva a lugar nenhum, pois o cérebro não consegue  mostrar todas as possibilidades simultaneamente – ele trabalha com uma informação por vez.

Mas o papel pode mostrar isto. Portanto, escreva as alternativas de escolha que tem, se possível em colunas paralelas. Para cada uma, descreva:

  • Se eu decidir por este caminho, quais serão as consequências positivas imediatas, de médio e longo prazo?
  • Quais serão as consequências negativas ou danos colaterais que podem ocorrer, em curto, médio e longo prazo?
  • Consigo visualizar um próximo passo a ser tomado após esta decisão?
  • Esta decisão está alinhada com meu grande objetivo (passo 1)?

Escreva as respostas, analise-as, e a decisão ficará mais fácil de ser tomada.

Passo 3: lide com o medo e autocobrança         

Outros fatores com o qual lidamos constantemente e podem nos paralisar durante uma tomada de decisões são o medo e a auto cobrança. Gostaríamos que o que planejamos corresse sem nenhuma alteração, sem erros. Quando um percalço acontece, a maioria de nós não está treinado e educado emocionalmente para entender que errar faz parte do processo de aprendizagem e do êxito de nossos projetos.

Se existe uma decisão a ser tomada, use os recursos do passo 2, faça sua escolha e não deixe que o medo ou a cobrança pela perfeição impeçam a sua ação. Não paralise nem procrastine.

Escreva (de novo) um passo a passo a ser cumprido, para que o medo não te sabote. Se algo der errado, analise suas ações e corrija o rumo. E siga adiante!

Passo 4: eleja prioridades

Algumas vezes, o que fazemos nos traz inúmeras possibilidades de atuação. São portas que se abrem, quando estamos trabalhando eficientemente. Por exemplo, seu objetivo é ser coach de relacionamentos, e suas qualificações lhe trazem os seguintes convites: palestras nacionais, palestras no Mercosul, escrever um livro, ter um programa semanal numa ótima rádio, clientela aumentando exponencialmente. Acrescente a isto o fato de que você é mãe, e seus filhos são pequenos. Mesmo com toda uma infraestrutura (escola, babá, avós, esposo), você não conseguirá realizar tudo. É aqui que entram as prioridades.

Eleja as três prioridades dentro de seu grande objetivo. Lembre-se que é para este seu momento. Pode ser que palestras em sua cidade sejam uma prioridade alcançável agora, e daqui a dois anos, possa se dedicar a palestras fora do estado e até do país. Talvez um livro inteiro não esteja ao seu alcance no momento, mas uma coparticipação, sim.

Da próxima vez que tiver uma decisão a tomar, use este passo a passo, para que seus resultados sejam rápidos e alinhados com seus objetivos.

Deixe um comentário

Nome
E-mail
Website
Comentário